Vereadores autorizam empréstimo de R$ 70 milhões para a Prefeitura do Paulista

Em primeira votação, o Legislativo Municipal deu carta branca para o prefeito Junior Matuto formalizar o empréstimo junto à CEF.

prefeito Junior Matuto conseguiu a autorização dos vereadores do Paulista para contratar um empréstimo de até R$ 70 milhões junto à Caixa Econômica Federal, com o pagamento vinculado aos recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).  Foram 11 votos a favor e 3 contra. Apenas um vereador não participou da sessão (Veja abaixo como votou cada parlamentar).

Os recursos, segundo a Prefeitura do Paulista, será investido em pavimentação, recapeamento e drenagem de vias, requalificação de passeios, urbanização de calçadas, implantação de portais, implantação e recuperação de praças, construção do anexo e modernização do centro administrativo e nova sede da prefeitura, contenção de encostas e macrodrenagem – revestimento de canais, sistema de esgotamento sanitário.

O empréstimo terá 24 meses de carência e 96 de amortização, o que significa que só começará a ser pago a partir da próxima gestão, que terá 8 anos para quitar o débito.

Durante o seu discurso, o vereador Alemão fez duras críticas ao projeto para justificar o voto contrário à proposta. “Já votei favorável a um pedido de empréstimo para Prefeitura junto ao Banco do Brasil. Mas, naquele momento, Junior Matuto não tinha suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Eu   já   acreditei   nesse   governo, mas   depois   de tantos escândalos, denuncias, contas reprovadas, jamais aprovaria um empréstimo para quem perdeu minha confiança. Espero que no futuro não tenha que ouvir de vocês, vereadores, lamentações   por   uma   cidade   enforcada, sem dinheiro sequer para pagar os servidores”, disparou Alemão.

Após a aprovação do projeto, os vereadores da base de apoio ao prefeito saíram do plenário da Câmara em disparada. A nossa reportagem conseguiu ainda falar com três dos parlamentares que votaram a favor, mas nenhum quis se posicionar.

As dezenas de pessoas que acompanharam a sessão ficaram indignadas com o resultado da votação. A diretora do Sinsempa, Janete Souza, que mora na Vila Torres Galvão, foi uma delas. “Nas vésperas da eleição municipal pedir um empréstimo na justificativa de melhorar a cidade é um absurdo. O prefeito tá no fim do seu segundo mandato e só agora descobriu que a cidade precisa dessas obras? É a velha prática de deixar para fazer alguma coisa no ano da eleição para tentar enganar a população e o pior é que vai deixar a cidade com mais essa dívida que ele (Junior Matuto) não vai nem começar a pagar. Vai ficar nas costas do próximo prefeito”, disse a sindicalista. Outra opinião contrária a aprovação do projeto foi a de João Vicente Ferreira Neto, que reside em Santa Casa, próximo ao hospital da Mirueira. “Esse empréstimo de R$ 70 milhões que o Executivo Municipal está solicitando autorização à Câmara é um verdadeiro absurdo. Todos sabem que é por conta das eleições. Por que só agora Junior Matuto lembra dessas obras? É mais uma ação eleitoreira. A população não é besta e vai saber dar uma resposta nas urnas”, disparou João Vicente.

A segunda votação do projeto será na próxima sessão da Câmara Municipal, nesta quinta-feira (26), a partir das 16h. A promessa das lideranças que acompanharam a primeira votação é de lotar o plenário da Casa Torres Galvão para pressionar os vereadores a mudarem de voto e negar o empréstimo. “Vamos propagar o que foi votado aqui e chamar a população para barrar esse projeto. Esses vereadores lagartixas, que só fazem balar a cabeça favorável ao prefeito, precisam ser denunciados e o povo estará aqui para olhar na cara de cada um”, afirmou Francisco Jorge, morador de Maranguape I.

Veja como votou cada parlamentar

Vereador

A favor ao empréstimo

Contra ao empréstimo

Camelo do Seguro

x

 

Augusto Costa

x

 

Edmilson do Pagode

x

 

Edinho

x

 

Eudes Farias

x

 

Evanil Belém

x

 

Fabiano Paz

x

 

Irmã Iolanda

x

 

Nildo Soldado

x

 

Márcio Freire

x

 

Pedro Marinho

x

 

Fábio Barros

 

x

Alemão

 

x

Dr. Vinícius

 

x

Professor Tonico

  Ausente na sessão

FONTE: PAULISTA DE FATO

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.