• Conheça os pontos turísticos de Paulista

Cultura

RELIGIÃO

Nossa Senhora da Conceição- Padroeira de Paulista

Padroeira da Cidade de Paulista: Nossa Senhora da Conceição

A religião predominante, como em quase todo território brasileiro, é a católica, havendo várias Igrejas Evangélicas. Os fieis da religião Católica em Paulista são atendidos pelas paróquias:
Paróquia de Nossa Senhora dos Prazeres (Matriz de Santa Isabel) criada em 1719.
Nossa Senhora Aparecida (Praia do janga), Paróquia Senhora do Ó criada em 25/03/1984 e Nossa Senhora de Fátima (Paratibe). O Bispo responsável por estas Paróquias é sempre o Arcebispo de Olinda e Recife.

A Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, de Maranguape foi fundada, em 1656 pelo Mestre do Campo, General João Fernandes Vieira, participante ativo da restauração de Pernambuco após a expulsão dos holandeses, cuja invasão ocorreu em 1630 (em ação de graças pela vitória). A capela sob invocação de N. Sra. dos Prazeres, foi transformada em povoado pelo Bispo Diocesano M. Matias de Figueiredo e Meio em 1691, “A requerimento de seus habitantes por causa dos empreendimentos da barra do rio Doce”, o seu território foi desmembrado da Freguesia da Sé de Olinda.

Ruínas da Paróquia de Nossa Senhora dos Prazeres

No ano de 1846 a parte ocidental de Paróquia de N. Sra. dos Prazeres passou à Paróquia de Igarassu e a oriental agregou-se a Sé de Olinda. Em 02 de maio de 1859 pela Lei n° 463 sua sede foi transferida da povoação de Maranguape para a povoação de N. Sra. do Ó em Pau Amarelo.

No início deste século XX, a Matriz de Maranguape voltou a ser a sede da Paróquia. Nesta Matriz além do altar-mor dedicada a N. Sra. dos Prazeres, existiam dois altares lateral; um em homenagem a Nossa Senhora das Dores; e o outro sob a invocação de Nosso Senhor do Bonfim. Nesta fase a Igreja já se encontrava bastante estragada exteriormente, mas seus altares e ornamentos permaneciam em bom estado de conservação. Os atos religiosos continuavam a acontecer, porém com menor frequência.

Em 20 de março de 1957 a Matriz de Paulista em Maranguape, monumento de grande valor histórico para o Município, foi criminosamente incendiada. O ocorrido encontra-se registrado nos manuscritos dos “livros de tombo” da freguesia da Paróquia, que foram assinados pelo último vigário da Matriz, o Pd. Noberto Verhoeven. Dizem estes manuscritos que “um grupo de 05 a 06 homens, bem armadas, tocaram fogo”.

FOLCLORE

Dona Duda: uma das maiores cirandeiras do estado

Na cidade do Paulista, observamos nas manifestações populares, a preocupação com a preservação da Identidade Cultural da Região, destacando-se:

Ciranda – Cantada e dançada pelos habitantes das praias, com apresentação semanal no Bar de D. Duda.

Maracatu – Com destaque para o Maracatu Leão Formoso do bairro do Nobre.

Capoeira – Destaque para os bairros da Mirueira, Jardim Paulista e Maranguape.

Pastoril – Religiosos e profanos – Jardim Paulista e Mirueira.

Marujada – Destaque para Marujada de D. Manólia – Paratibe.

Boi Bumbá – Grupos do Engenho Maranguape.

Grupos de Dança Afro – Grupos da Mirueira, Jardim Paulista, Engenho Maranguape.

Blocos Carnavalescos – Destacam-se: Bacalhau na Vara, Movido a Álcool, Geraldinho Elétrico, Os fura olho, Chupa cabra, O boi de tanga, Fundo de quintal, Juventus, Paranóia, Cavalo branco e Menestréis do Paulista.

 

ARTESANATO

Artesanato em fibra de coco por Mestre Ezequias

O artesanato da cidade é bastante variado com peças de: Escultura em pedra e madeira, talha em madeira, couro, palha, fibra de coco, vidro, pintura em tela, pintura em tecido, etc.
Destacando-se os artesões: Manoel da Rocha (Escultor em pedra e madeira de, Jardim Paulista). Hildebrando Eugenio de Souza (Escultor e pintor do Bairro do Nobre). Ezequias (Artesão em fibra de coco de Paratibe).

GASTRONOMIA

Frutos do mar

Por ser uma cidade litorânea, predominam as comidas a base de frutos do mar. Dentre elas citamos: Calderada, ensopado de siri, agulha frita, peixada, caranguejo, casquinho de caranguejo, peixe de coco, lagosta, sururu, marisco, camarão.
As bebidas típicas da cidade estão relacionadas entre: Caipirinha, coquetel de frutas, água de coco, caipifrutas, etc.