• Conheça os pontos turísticos de Paulista

Paulista fora das melhores economias de Pernambuco

Foto: Diário de Pernambuco

A riqueza do estado de Pernambuco segue concentrada nas grandes cidades. Dados recentes indicam que 80% do PIB de Pernambuco é gerado em apenas 17 das 184 cidades pernambucanas. Apesar do panorama atual, Paulista não se posicionou entre as melhores economias do estado, considerado o Produto Interno Bruto (PIB) per capita.

A cidade de Paulista obteve apenas a 28ª colocação em comparação com as outras 184 cidades de Pernambuco. A cidade que em meados da década de 1980 chegou a ser a terceira principal economia do estado, atualmente, segundo dados do IBGE, desempenha um papel coadjuvante do desenvolvimento econômico do estado.

A queda do protagonismo de Paulista no âmbito da economia é um reflexo de uma sequência de gestores que desde a década de 90, não contribuíram para o avanço econômico da cidade. A falta de planejamento, reordenação e investimento na mão de obra local durante as gestões de José Rezende, Speck, Yves Ribeiro e Júnior Matuto estagnaram o potencial econômica da cidade.

É importante o investimento e planejamento no turismo, principalmente na bacia do litoral norte, que abarca praias da cidade e o rio timbó, locais ideias para o banho de mar e campeonatos de vela e demais esportes aquáticos. Em 2002, o governo de Pernambuco iniciou o projeto do Circuito Náutico do Litoral Norte, mas não foi finalizado.

Iniciativas como o reordenamento dos espaços urbanos e pontos comerciais da cidade, a revitalização do Mercado Velho e o desenvolvimentos dos distritos industriais de Paratibe e Porto Arthur, vão ser fundamentais para recuperar o espírito de liderança econômica de Paulista, proporcionando geração de renda e oportunidades de trabalho para a população.

Deixe uma resposta