Novo código de ética do PSDB afastaria Aécio

Antes de deixar a presidência do PSDB, Geraldo Alckmin pretende criar um código de ética para o partido que afastaria tucanos réus criminais e expulsaria condenados em segunda instância, publica O Globo.

A proposta afastaria, por exemplo, Aécio Neves e Marconi Perillo, ex-governador de Goiás.

Os grampos que ligam Joesley, da JBS, com os poderosos de vários partidos. 

FONTE: O ANTAGONISTA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.