Justiça libera R$ 7,2 bilhões para pagar atrasados do INSS

Em geral, são ações que discutem direito a aposentadoria, pensões e auxílios

Mais segurados que venceram o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) na Justiça, após ação de concessão ou revisão de benefícios, vão receber os atrasados neste mês de março.

Conselho da Justiça Federal (CJF) liberou nesta quinta-feira (21) a verba para quitar os precatórios e as Requisições de Pequeno Valor (RPVs). Os precatórios saem apenas uma vez por ano. Já as RPVs são pagas todos os meses.

Ao todo, foram liberados R$ 7,2 bilhões em todo o país, que vão beneficiar 144.190 segurados ganhadores de 124.629 processos. Em geral, são ações que discutem direito a aposentadoria, pensões e auxílios.

Desse total, R$ 6,2 bilhões são para os precatórios previdenciários e vão cair na conta de 66.244 segurados. O restante (R$ 1 bilhão) será pago para 77.946 beneficiários, que vão receber por meio de RPV. Os segurados de São Paulo e Mato Grosso do Sul têm o dinheiro depositada pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) em contas abertas no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal. A estimativa do tribunal é encerrar os pagamentos até o final da semana que vem.

Para esses beneficiários, o valor total dos precatórios é de R$ 2,1 bilhões, destinados a quitar as contas com 16.794 segurados. No caso das RPVs, serão pagos, ao todo, R$ 221,6 milhões para 13.592 vencedores de 12.058 ações contra o INSS.
Para saber se vai receber os valores, o segurado deve fazer a consulta no site.  

Os precatórios pagos neste lote foram liberados pelo juiz entre os dias 1º de julho de 2017 e 2 de julho de 2018. Eles têm valor maior do que 60 salários mínimos. No caso das RPVs, que são de até 60 mínimos, o dinheiro foi autuado em fevereiro.

 FONTE : FOLHA DE PERNAMBUCO. 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.