• Conheça os pontos turísticos de Paulista

É possível gastar 20% menos gasolina, saiba como

Foto: UOL Economia

Via Folha de Pernambuco

Consumidores pernambucanos tiveram uma surpresa ao abastecer seus veículos com gasolina nessa quarta-feira (24). Nos postos do Recife, os preços nas bombas ultrapassaram a barreira dos R$ 4, chegando, em alguns locais, a marcar R$ 4,50. O espanto tem justificativa, afinal, um dia antes, o valor do combustível variava, segundo a Agência Nacional de Petróleo Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), entre R$ 3,759 e R$ 4,099 o litro.

Na defesa da categoria, o presidente do Sindicombustíveis-PE, Alfredo Ramos, alerta para o fato de que os postos de combustíveis só repassam o preço cobrado das distribuidoras. “Nós não regulamos valor cobrado pelos postos, cada dono tem o direito de modificar o seu preço de acordo com o comprado nas distribuidoras. No entanto, lembro que dono de posto nenhum gosta de vender gasolina cara, afinal, ele também é consumidor. Se metade dos impostos que se paga no preço do combustível fosse cortada, todos nós ganharíamos”, argumenta o sindicalista.

Sem alarde, a Petrobras divulgou na última sexta que a partir do sábado iria haver mais um ajuste nos preços dos combustíveis fósseis em suas refinarias e que com isso o litro da gasolina teria alta de 0,7%. Em nota divulgada na ocasião, a estatal reiterou que a correção faz parte da nova política de preços adotada pela empresa desde julho, que prevê ajustes diários, de acordo com as cotações internacionais da commodity e as variações do dólar. 

FORMAS DE ECONOMIZAR

  • Manter os pneus calibrados (diminui em 10% o consumo)
  • Alinhar e balancear as rodas em oficinas especializadas a cada 10 mil km
  • Troca de óleo no tempo adequado com o lubrificante indicado
  • Evitar frear e acelerar de forma brusca
  • Planejar o caminho até o destino antes de sair de casa
  • Considerar a possibilidade de utilizar o Etanol, caso custe até 70% do preço da gasolina

Deixe uma resposta