Caixa deve lançar programa para renegociar dívidas, com descontos de até 90%

Deve atingir 3 milhões de clientes

Banco pode recuperar até R$ 4 bi

O presidente da CEF (Caixa Econômica Federal), Pedro Guimarães, revelou nesta 3ª feira (21.mai.2019) que o banco público prepara 1 programa de renegociação de dívidas que deve beneficiar 3 milhões de clientes, com descontos de até 90%.

São 3 milhões de clientes da Caixa que vamos resolver a questão. São devedores. Você imagina, 3 milhões estão negativados, tomando juros a 10%, 15%, 20% ao mês e vamos fazer uma renegociação muito grande. E vamos anunciar uma modificação na linha de crédito imobiliário para incluir IPCA e mudar e incluir price também“, disse Guimarães.

Guimarães ainda disse que, no que diz respeito ao banco, a renegociação está “fora do balanço”. A Caixa devem fazer renegociação com descontos entre 40% e 90%.

Já é a perda da Caixa. Então, era uma coisa que já está fora e nós, trazendo essas pessoas que estão à margem da dinâmica de crédito, a gente volta a oferecer produtos como consignado com taxas entre 2% e 3%“, completou.

Segundo ele, com isso, o banco público pode recuperar até R$ 4 bilhões com a renegociação. “Mas, obviamente, se atingir 100% dos 3 milhões de CPFs. Estimo, no mínimo, R$ 1 bilhão“, afirmou.

O presidente disse que beneficiados pelo programa (MCMV) Minha Casa Minha Vida não entram no plano de reestruturação.

O público-alvo, segundo o presidente da Caixa, são os devedores de menor renda. “São 300 mil empresas e 2,6 milhões de pessoas físicas. São empresas de menor renda, pequena e média. Como falei, o foco da Caixa é pequena e média empresa, e pessoal de menor renda”, explicou

De acordo com ele, 90% das renegociações são de até R$ 2 mil de dívida com o banco.

FONTE: PODER360

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.