• Conheça os pontos turísticos de Paulista

TSE adia julgamento de Lula e Bolsonaro por propaganda eleitoral antecipada

Foto: Agência Brasil

 

Via Poder 360

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) adiou nesta 3ª feira (14.nov.2017) o julgamento de duas representações contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por propaganda eleitoral antecipada. O Google responde em ambos os processos pela veiculação de materiais na internet.

As ações movidas pelo MPE (Ministério Público Eleitoral) contestam vídeos que fazem referências às candidaturas de ambos ao Palácio do Planalto em 2018.  A propaganda eleitoral somente será permitida a partir de 15 de agosto. O 1º Turno está marcado para 6 de outubro do ano que vem. Violações podem gerar multas de até R$ 25 mil.

BOLSONARO

O MPE questiona 3 vídeos do deputado publicados no Youtube. O órgão afirma que há clara menção à pretensa candidatura ao cargo de presidente da República em uma das peças. Os vídeos contestados pelo MPE são “Bolsonaro 2018 Vamos Juntos”, “Este é o cara!” e “Recepção emocionante de Jair Bolsonaro no aeroporto em Minas”.

“Nas mídias em anexo, veiculadas na internet, é possível verificar o Deputado sendo recepcionado em aeroportos por apoiadores de sua campanha política, mas fazendo clara menção à pretensa candidatura e ao pleito presidencial vindouro”, sustenta o MPE.

 

 

LULA

Ja no caso do ex-presidente, o vídeo “Ele está voltando”, em que o petista aparece em uma academia com a trilha do sonora do filme “Rocky, um lutador”, revela a pretensão do ex-presidente em se candidatar, alega o MPE.

O órgão questiona ainda a participação de Lula na “inauguração popular da Transposição de Águas do São Francisco” em março deste ano na Paraíba.

Deixe uma resposta