Recife tem o pior trânsito do Brasil e o décimo do mundo

O município pernambucano listou na frente de São Paulo e Rio de Janeiro que estão em 21º e 22º lugar, respectivamente

Entre 402 cidades de 56 países e seis continentes, Recife figura como a décima com o trânsito mais caótico do mundo – sendo o pior entre as cidades brasileiras. O município pernambucano listou na frente de São Paulo e Rio de Janeiro que estão em 21º e 22º lugar, respectivamente. A pesquisa da empresa GPS Tomtom aponta que o nível de congestionamento no Recife é de 49%.

Mumbai, na Índia, ficou com o título de “pior trânsito” do mundo – em seguida vem Bogotá, na Colômbia. Das cidades da América Latina com o trânsito “menos ruim” (se assim podemos dizer), Brasilia figura em 249ª posição.

O levantamento foi realizado durante o ano de 2018 e listou o ranking “Traffic Index”. As estatísticas de índice do TomTom Traffic são calculadas a partir de dados de GPS anônimos coletados por meio de dispositivos de navegação, sistemas no painel e smartphones.

Como se chegaram às estatísticas, segundo a empresa:

As porcentagens do nível de congestionamento representam a quantidade medida de tempo de deslocamento extra experimentado pelos motoristas durante todo o ano. Começamos estabelecendo uma linha de base de tempos de viagem durante condições de fluxo livre, sem congestão, em cada segmento de estrada em cada cidade. Em seguida, analisamos os tempos de viagem em todo o ano (24/7) para cada cidade e comparamos essas informações com os períodos de fluxo livre para obter um tempo extra de viagem.

Um nível geral de congestionamento de 36% significa que o tempo extra de viagem é 36% maior do que uma viagem média levaria durante condições não congestionadas. Os tempos médios são de viagens reais, em todos os veículos de toda a rede, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Os tempos de viagem em condições de fluxo livre (não congestionado) não são baseados em limites de velocidade, mas em viagens reais feitas.

Também realizamos os mesmos cálculos para horas individuais de cada dia da semana, por isso é possível ver como os níveis de congestionamento são altos em cada cidade durante os períodos mais movimentados do dia, incluindo os horários de pico da manhã e da noite.

FONTE: LEIA JÁ

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.