Paulista e a destruição do meio ambiente

O Dia Mundial do Meio Ambiente acontece todos os anos no dia 5 de junho. É o principal dia das Nações Unidas para promover a conscientização e ação em todo o mundo em relação ao meio ambiente. Entretanto na cidade de Paulista não há motivos para comemorar a data e sim lamentar diante do descaso com a flOra e a fauna local.

Nos últimos 8 anos da administração que atualmente governa a cidade se configura como uma  pior gestão em relação ao cuidado com o meio ambiente. Diante dos desmatamentos irresponsáveis afetando a reserva da Jaguarana e a localizada na Estrada do Frio, entre outras. Os animais estão se deslocando das matas pelas péssimas condições do ambiente. Alguns casos de animais encontrados no Terminal Pelópidas Silveira foram registrados.

Paulista é o pulmão da Região Metropolitana devido a grande quantidade de matas e a variedade da flora presente na cidade. A situação fica ainda mais complicada quando se vê a quantidade de lixo acumulado nas ruas das cidades, com mosquitos e animais que podem transmitir doenças para a população. Além das praias, onde 4 delas foram consideradas péssimas para o banho devido a contaminação e o contato da água com o esgoto que desemboca no mar.

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE 

Ao longo dos anos, tornou-se uma das maiores plataformas globais de divulgação pública, celebrada por milhões de pessoas em mais de 100 países.

É o “Dia das Pessoas” fazerem algo positivo para o meio ambiente. Seu objetivo é aproveitar ações individuais e transformá-las em um poder coletivo que tenha um legado de impacto real e duradouro no planeta.

O dia é celebrado de inúmeras maneiras, desde ações de limpeza de praia e plantio de árvores até a convocação de funcionários e parceiros para se envolverem e fazerem a sua parte. É também um ótimo momento para mostrar sua contribuição para a sociedade.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.