Grande Recife tem longas filas por combustível; circulação de ônibus está normalizando

Foto: G1 Pernambuco

Via G1 Pernambuco

Filas enormes nos postos de combustível marcam esta terça-feira (29) na Região Metropolitana do Recife. O governo estadual, em parceria com o Exército, organizou comboios que saem do Porto de Suape com combustível para abastecer os serviços essenciais e parte dos postos. O esquema também fornece diesel para as empresas de ônibus, que estão voltando a circular normalmente.

O fornecimento de gás de cozinha não foi regularizado, com distribuidoras registrando falta de botijões. A Força Aérea Brasileira foi acionada para trazer medicamentos para clínica no Agreste do estado, afetada pelos bloqueios em estradas.

Algumas repartições públicas, como o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) e o Ministério Público do Trabalho (MPT), voltam ao funcionamento normal.

Protestos em estradas

A equipe da TV Globo passou pela BR-232 na manhã desta terça e, por volta das 7h, cerca de 10 caminhoneiros realizavam um protesto no local. Eles estacionaram às margens da rodovia, em ambos os sentidos, e colocaram entulhos na via, obrigando os motoristas a fazerem ziguezague para seguir pela pista.

Caminhoneiros seguem acampados às margens da Avenida Portuária, no Porto de Suape, na RMR. Pelo local, passam apenas os comboios escoltados pela Polícia Militar ou pelo Exército. Os outros caminhões seguem sem acesso ao porto.

Caminhões também continuam estacionados às margens da BR-101, no bairro de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, deixando passar ônibus e carros de passeio.

Combustível

Os postos de combustível da Região Metropolitana do Recife começaram a receber gasolina e álcool no domingo (27), mas o fornecimento ainda é irregular, na manhã desta terça. Os estabelecimentos que foram reabastecidos estão limitando a venda de combustível por cliente.

Mesmo nos postos que estavam fechados pela manhã, era possível encontrar motoristas que estacionaram os carros e motos para guardar lugar e abastecer.

O governo estadual informou que saíram 80 caminhões-tanque de Suape nesta terça-feira, sendo aproximadamente 30 para o interior. O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Pernambuco (Sindicombustíveis-PE) disse que cerca de 1 milhão de litros chegaram a cerca de 100 postos do Recife e Região Metropolitana de segunda para esta terça.

O sindicato disse também que a maioria desses postos vai atender apenas serviços essenciais públicos e, para a população em geral, foram abastecidos entre 40 e 60 postos. Segundo a entidade, Pernambuco tem cerca de 1.550 postos de combustível, sendo 460 deles no Grande Recife.

 

Gás de cozinha

O fornecimento de gás de cozinha segue prejudicando. Distribuidores ouvidos pela equipe da TV Globo relatam estoques vazios, uma vez que não são abastecidos desde a semana passada. Caminhões aguardam autorização para buscar botijões no Porto de Suape.

“Eu consultei a base de distribuição ontem [segunda], mas eles estão sem previsão de conseguir entrar em Suape para buscar carga”, explica o empresário João Carlos Pereira, dono de uma revenda de botijão de gás na Zona Norte do Recife.

Transporte público

A situação dos ônibus está se normalizando no Grande Recife. Segundo o Grande Recife Consórcio de Transporte, 100% da frota está circulando nesta terça e fiscais atuam para garantir o funcionamento do transporte público.

Porém, alguns passageiros relataram demora em pontos da Zona Norte da capital, depois das 7h. Entretanto, eles também apontam que há mais ônibus nas ruas nesta terça-feira, em relação ao dia anterior.

A Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI) informou que as empresas permissionárias do Sistema de Transporte Coletivo Intermunicipal de Pernambuco começaram a ser reabastecidas na noite desta última segunda e aos poucos a operação tende a ser normalizada nos principais terminais rodoviários do estado, ao longo desta terça.

Nos últimos dias, as viagens aconteciam apenas nos horários de pico, nos turnos da manhã e final da tarde/início da noite. Com o aumento da autonomia de combustível, a perspectivada da EPTI é que o tempo de intervalo entre as viagens diminua de acordo com a demanda de passageiros.

A EPTI orienta os usuários a confirmem a realização da viagem junto aos guichês de venda das empresas antes de adquirirem os bilhetes.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.