Contaminação: praias de Paulista sao consideradas péssimas para o banho de mar

Foto: Matheus Alves

As praias do Litoral Norte de Pernambuco, principalmente as localizadas na cidade de Paulista, que antes se destacavam pela beleza e por atrair turistas do estado e de outras regiões, agora, estão seriamente poluídas com o lixo e os dejetos que são jogados no esgoto que desemboca no mar. O resultado é um forte odor e o risco para a saúde dos moradores e os que visitam as praias em busca de lazer.

“Moro aqui há 20 anos. É uma vergonha. A praia suja, cheia de lixo. Foram gastos 21 milhões de reais para investir na orla. A água do canal é jogada aqui no mar. Não há condições alguma para tomar banho. Ninguém vai querer tomar um banho” lamentou o empresário Fernando Zovka, que mora próximo à praia de Pau Amarelo.

Um levantamento divulgado pela Folha de São Paulo destacou que quatro praias de Paulista foram consideradas péssimas para o banho de mar: Conceição, Maria Farinha, Paulo Amarelo e Janga. Os dados levaram em consideração o nível de bactérias presentes nas praias, a realização da coleta e tratamento de esgoto e a poluição dos rios. A falta de higiene e limpeza das praias da cidade afeta diariamente a vida dos comerciantes que trabalham nas praias.uua

A comerciante Maria Souza trabalha na praia de Pau Amarelo vendendo lanches e refrigerantes há 7 anos. A situação fica cada vez mais complicada devido a atual condição da praia. “Tem cliente que vem comprar e fica um pouco pela consideração. O cheiro ruim é muito forte. Acabo vendendo bem menos por conta do esgoto, do lixo na areia. Ninguém quer ficar em um local com bactéria e sujeira” detalha.

A situação não é diferente nas praias de Nossa Senhora do Ó e Conceição. O esgoto desemboca na areia e é levado até o mar. O risco de contaminação mediante à exposição às possíveis bactérias aumenta drasticamente. É um grave problema social, onde é preciso um empenho e consciência ambiental e ecológica da prefeitura para realizar a limpeza das praias e desenvolver métodos para que os dejetos não sejam desembocados ao mar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.