Com PIB negativo em 2019, Brasil confirma duas décadas perdidas em 40 anos

Recuperação é a mais lenta da história

Na década atual, Brasil teve pior taxa

A queda de 0,2% no PIB brasileiro do 1º trimestre confirma que o desempenho da economia brasileira é 1 dos piores de toda a sua história. Levantamento do banco de investimentos Goldman Sachs indica que o Brasil teve duas décadas perdidas, do ponto de vista econômico, nos últimos 40 anos.

O resultado do PIB no 1º trimestre foi divulgado nesta 5ª feira (30.mai.2019) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A economia brasileira não registrava 1 desempenho negativo desde o último trimestre de 2016.

Segundo o estudo, o Brasil deve fechar as quatro décadas entre 1981 e 2020 com um PIB per capita abaixo de 0,8% ao ano –o que significa que o país levaria 87 anos, ou quatro gerações, para dobrar a renda real per capita.

Além disso, no mesmo período, duas décadas –as de 1980 e 2010– registraram queda na média do PIB per capita. Daí a análise de “década perdida”.

Comparação do crescimento da economia brasileira de 1981 a 1990 com outros países no mesmo período:

Comparação do crescimento da economia brasileira entre 2011 a 2018 com outros países no mesmo período:

O país também tem apresentado dificuldades para recuperar-se de 1 período de recessão. O mais recente, aliás, foi também o mais longo, com 11 trimestres consecutivos de queda –do 2º de 2014 ao 4º de 2016– e o segundo maior no volume da queda, com perda de 8,2%, ante 8,5% entre os primeiros trimestres de 1981 e 1983.

Após período de recessão, é comum haver um prazo de expansão. Acontece, porém, que essa retomada nos últimos trimestres foi mais fraca do que a média.

O período de expansão que se encerrou com a divulgação da queda no PIB nesta 5ª durou 9 trimestres e registrou um aumento médio no índice de 3,2% e de 1,4% no PIB per capita, valores bem inferiores aos de outros períodos de alta.

FONTE: PODER360

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.