A acirrada disputa pela prefeitura de Paulista

Em 2020, serão 16 anos da administração do PSB frente à Prefeitura de Paulista. Primeiramente, Yves Ribeiro, que cumpriu mandato entre 2005 e 2012 e na sucessão, o atual prefeito da cidade, Júnior Matuto.
 
A administração de Yves atingiu 49,2% de reprovação. Enquanto Júnior Matuto enfrenta uma rejeição que supera os 80% e encontra dificuldades para definir um nome forte para manter a hegemonia do partido na cidade.
 
Um sentimento de insatisfação e a necessidade de novos tempos predominam em grande parte da população. O caminho desfavorável força o atual prefeito a se articular politicamente para diminuir ao máximo o número de candidaturas concorrentes.
 
As eleições de 2020 terão um cenário inédito: com mais de 200 mil eleitores, a cidade tera segundo turno pela primeira vez na história. O PSB precisa então ter 50% mais 1 voto,para se manter no poder, já no primeiro turno.
 
Despontam como possíveis candidatos à disputa eleitoral em 2020, o ex-prefeitos Yves Ribeiro, Nena Cabral, Francisco Padilha, Severino Ramos e Alemão.
 
FONTE: EDMAR LYRA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.