• Conheça os pontos turísticos de Paulista

68% da população acreditam que a saúde no Brasil está cada vez pior

 

 

Pesquisa DataPoder360 em outubro indica que 68% dos brasileiros acham que situação dos serviços de saúde no país está piorando. Apenas 7% enxergam melhoras no sistema.

Quando a pergunta é sobre o futuro, há 32% dos entrevistados que dizem que os serviços de saúde vão melhorar. Mas 1 percentual igual de brasileiros, de 32%, tem opinião oposta: a situação vai piorar.

O DataPoder360 quis saber também a opinião dos entrevistados sobre operadores da saúde. Nessa estratificação, os hospitais –que são a ponta final do processo– são os mais criticados: 39% avaliam negativamente essas instituições.

Os planos de saúde, em geral alvo de críticas da população e protagonistas de notícias negativas na mídia, são reprovados por apenas 18% dos brasileiros.

Os médicos têm a avaliação positiva mais alta, de 39%. Outros 45% acham os serviços desses profissionais regular.

Este amplo estudo sobre saúde no Brasil foi encomendado ao DataPoder360 pela Interfarma (Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa). A pesquisa foi realizada com critérios estritamente jornalísticos, com os questionários sendo aplicados de 17 a 20 de outubro de 2017.

Foram ouvidas por telefone (com ligações para aparelhos fixos e celulares) 4.133 pessoas com 16 anos ou mais em 178 municípios, em todas as regiões do país. A margem de erro é de 2,6 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O resultado da pesquisa é público e pode ser acessado na íntegra. Há também 1 resumo com os principais quadros aqui.

O estado do sistema de saúde no Brasil é tema frequente de reportagens. Há no Congresso neste momento (novembro de 2017) uma discussão sobre regulamentação de planos de saúde e como aplicar reajustes a esse serviço para pessoas com mais de 60 anos –hoje, usuários com 60 anos ou mais não podem ter o valor de seus planos reajustados.

Até 2060, a faixa etária com 80 anos ou mais na população brasileira somará 19 milhões de pessoas, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) calcula que 1 em cada 4 brasileiros tem plano de saúde. Esse mercado movimentou R$ 160 bilhões em 2016, ano em que o setor realizou mais de 1 bilhão de procedimentos médicos.

Deixe uma resposta